notícias

Steve Hackett regressa ao Gouveia Art Rock
        No seguimento da sua ampla digressão aos EUA e à América do Sul, o novo espetáculo de Steve Hackett, ‘‘Genesis Revisited, Solo Gems & GTR’, retoma algumas das canções preferidas dos Genesis das quais é co-autor, como 'Supper's Ready', 'Dancing with the Moonlit Knight', 'Fountain of Salmacis', 'Firth of Fifth' e 'The Musical Box', incluindo também peças como 'One for the Vine' and 'Inside & Out', pouco interpretadas desde os anos de 1970.
        A parte do seu alinhamento a solo comemorará o aniversário de 'Please Don't Touch’ e incluirá ainda uma composição dos GTR, 'When The Heart Rules The Mind', assim como canções do seu novo álbum 'The Night Siren'.
        Juntam-se a Steve neste seu regresso ao Gouveia Art Rock, enquanto membros da sua banda, Roger King (teclados), Gary O'Toole (bateria / percussão), Rob Townsend (saxofones / flautas), Jonas Reingold (baixo / guitarra de 12 cordas) e Nad Sylvan (canto).
        Desde os anos de 1970 que Steve tem tido uma carreira extraordinária, primeiro com os Genesis e depois a solo, lançando mais de 30 álbuns sob o seu nome e uma gravação de grande sucesso com o supergrupo GTR. Reconhecido como um dos mais inovadores músicos rock do seu tempo, em 2010 entrou para o prestigiado 'Rock & Roll Hall of Fame'.



Concerto duplo dos Flairck
        O grupo Flairck foi fundado nos Países Baixos em 1976. O som acústico característico da banda, uma fusão de estilos tão diferentes como o folk, o rock, o jazz e a música clássica, granjeou-lhe um enorme sucesso desde o inicio e a sua música instantaneamente cativou um enorme grupo de entusiásticos seguidores.
        Atualmente, após muitos nos de sucesso, depois de 22 álbuns publicados e milhares de concertos dados por todo o mundo, FLAIRCK abriu um novo capítulo na sua história e passou o testemunho a uma nova geração. Para isso, o guitarrista, baixista e compositor Pablo Ortiz (México), membro da banda deste 2007, foi encarregado de juntar uma nova formação. Decidiu unir forças com o contrabaixista e compositor Joris Vanvinckenroye (Bélgica), fundador dos Aranis, e também com a violinista da banda, Liesbeth Lambrecht, para fundar os novos Flairck. Para completar a formação, tendo em visto a definição de um som igualmente novo para o grupo, juntaram se as violinistas Mart Flecijn (Bélgica) e Zhazira Ukeyeva (Cazaquistão).
        Seguindo a tradição e abordagem inicial do grupo e contando com a orientação e conselho dos fundadores Erik Visser e Peter Weekers, os novos Flairck não só evocam a energia e teatralidade originais, como abrem novos horizontes ao projeto. O repertório que apresentam agora nas suas atuações oferecem tanto novas composições como recriam de algumas das mais emblemáticas pelas da história da banda.